Calvin, nosso velhinho mais que amado, estará sempre vivo em nossa memória…

Nosso mascote se foi há um mês, no dia 21 de agosto de 2014. Deixou um vazio em minha casa, em meu coração e no coração de tantas pessoas que o amavam, torciam por ele e me ajudavam na manutenção do seu tratamento.

são francisco

Ele era cardíaco e epilético. Era assistido por uma médica veterinária clínica, a Dra. Adriana Fróes e por um médico veterinário cardiologista, o Dr. Rafael Costa.

P26-03-14_11.29[2]

Calvin foi resgatado na noite do dia 18 de agosto de 2011 e morava na Paróquia do Bom Jesus. Tomou banho em pet-shop no dia seguinte e foi castrado 2 dias após o resgate. Depois que teve sua primeira crise convulsiva, em meados de 2012, veio morar em minha casa, pois passou a tomar remédios diariamente, duas ou três vezes ao dia.

DSC00385 Ainda na rua…                                                                                        DSC00418 recém resgatado

Bênção 2013.1 Bênção 2013.7

Dia de São Francisco e Bênção dos Animais, outubro de 2013

Era apaixonado por torradas, pão e rosquinhas Mabel, mas depois da crise neurológica, tivemos que diminuir muito a quantidade (ele era muito guloso!). Comia ração para cães idosos, sempre com algum “acompanhamento” (como todos os cães daqui): filé de peito de frango desfiado, carne moída, sachet ou patê para cães…

P18-12-13_11.51[4] esperando sua amada rosquinha de cada dia…

No dia 06 de agosto, ao chegar em casa à noite, vi que ele estava caído e ofegante. Tentou entrar em sua caminha (uma gaveta bem grande), mas não conseguiu e ficou com o corpo metade dentro, metade fora. O tirei e coloquei no chão, em cima de jornais. Depois de um tempo ofegante, ele vomitou e foi se acalmando, mas não conseguia mais andar.

Como encontrar fraldas para macho estava muito difícil (e caro), tive a ideia de colocar nele fraldas de criança e deu super certo! Ele ficou tão bem! Mas fico triste de não ter tido essa ideia antes, pois o pobrezinho estava já há algum tempo com incontinência urinária e vivia molhado de urina. Eu dava “meio banho” nele e, às vezes, banho completo, alternava com passadas de pano úmido, mas não ficava bem e ele vivia com cheiro de xixi…

15ago14 19ago14 19ago14-3

O levei para uma consulta e ele fez check-up: sangue e urina. A Dra. Adriana lavou a bexiga dele, que estava impregnada de sedimentos, receitou remédios e iniciamos o tratamento. Ele ganhou um super suplemento, da amiga Lin, e também começou a tomar, com o aval da sua médica. Em dois dia se levantou e recomeçou a andar, meio cambaleante e trôpego, mas confiante. Mas seu coraçãozinho estava muito fraco e ele logo se deitava novamente, pois ficava muito cansado.

15ago14-2  16ago14

O exame de sangue apresentou um ótimo resultado e o de urina, como era de se esperar, apresentou infecções. Mas ele já estava medicado e esperávamos o resultado da cultura e antibiograma, para ver se precisaria de um medicamento mais específico.

No dia 18/08, foi o aniversário dele. Ele estava aparentemente “normal” para o estado de saúde dele: comeu e bebeu água normalmente, tomou os remédios, andou um pouquinho…

18ago14

Mas no dia 20/08 ele estava “estranho”: meio caidinho, babando um pouco. Estava com problema de gases, mas eu não entendia que aquilo era o que o estava fazendo vomitar. Ele ficava com o abdômen enorme, e isso o fazia ficar muito ofegante e vomitar a comida. Um dia antes, 19/08, a médica dele receitou um antigases, comprei no dia 20 e começamos a dar. À noite, quando cheguei em casa, ele estava molinho. Minha sogra disse que ele não quis comer e estava ofegante. Dei o remédio pra dor e o pra gases numa seringa. Poucos minutos depois, ele melhorou, comeu bastante e foi andar! Andou firme pela cozinha e na garagem, um bom tempo. Depois voltou pra cama e meio que “caiu”, começou a ficar ofegante novamente. Fui dormir às duas da madrugada, pois vi que ele não estava bem. Toda hora ele chorava, parecendo que me chamava. Quando ele se acalmou um pouco e conseguiu dormir, eu também fui. De manhã, minha sogra me chamou às 7h, dizendo que ele estava muito mal. E estava… Muito ofegante, respirando rápido pela boca, com a língua pra fora. Tentei acalmá-lo, dei remédio com uma seringa e ele se acalmou um pouco. Tive que voltar a dormir, pois teria que ir trabalhar dentro de algumas horas e já não havia dormido direito.

Por volta das 10h minha sogra me chamou de novo. Meu velhinho havia partido… e eu me arrependo de não ter ficado ao lado dele nessa hora… eu não deveria ter ido dormir de novo, tinha que ter ficado ao lado dele, mas como sempre, confiei na força dele e acreditei que ele iria melhorar. Sinto muito, muito mesmo. Eu tinha que ter ficado ao lado dele.

Chamamos um vizinho, que abriu uma cova na praça em frente à minha casa e o corpo do nosso velhinho foi enterrado lá. Sua alma voltou ao Criador e se libertou de todo o mal que nós humanos colocamos em nosso Planeta.

21ago14 21ago14-2 21ago14-3

Um fato curioso é que o nome dele foi uma homenagem a um rapaz da paróquia, que foi com a gente no dia do resgate dele. Bruno era oriundo da Igreja Presbiteriana, cujo fundador, foi o teólogo João Calvino. Para estimular o gosto pela proteção animal e agradecer por nosso amigo ter ido com a gente, demos ao cãozinho o nome de “Calvin” (“Calvino”, em francês). Bruno, nosso amigo e irmão, estava muito doente e fez sua transição na noite do dia 20/08, noite que o Calvin começou a passar muito mal, vindo a óbito no dia seguinte, 21/08. Calvin foi enterrado por volta das 10h30 e Bruno, às 11 horas, do mesmo dia 21/08. Estranha “coincidência”, que só saberemos o motivo quando também fizermos nossa transição.  Bruno e Calvin agora estão em outro plano, na companhia do Criador e agora viverão uma nova etapa em suas existências.

Nosso velhinho nos ensinou muitas coisas. A mim, ensinou bastante a cuidar de cães idosos. Cativou todos da Paróquia e mostrou que o “próximo”, que Jesus citou, também pode ser um animalzinho. Calvin nos ensinou a sermos mais humanos. Cumpriu com maestria sua missão entre nós e lhe somos gratos pelo tempo em que conviveu conosco.

Que Deus o tenha em seu Reino, em sua glória!

Saudades para sempre do meu querido velhinho…

12ago14 15ago14-3 15ago14-4

Revda. Jocinéa Saldanha Perpetuo

Coordenadora da Rede Anglicana do Bem-Estar Animal

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s